Sobre o amor da minha vida

-x-

O amor da minha vida

– aquele, meu irmão da alma –

Pode estar perto, ou pronto para a partida.

Pode estar sereno, ou já perdeu a calma.

-

Tem cabelos compridos, se os deixar crescer

Ou curtos, se assim o desejar.

Pode ter ânsia de viver,

Ou pode não mais se importar.

-

Ele tem olhos escuros, ou claros

Até ambos, talvez.

Pode ter pensamentos raros,

Pode divagar sobre algo como a tez.

-

Seu rosto pode ser conhecido.

Ou, quem sabe, alguém que ainda verei.

Ele pode já ter morrido.

Talvez, nunca o conhecerei.

-

Um dia, se o encontro for inevitável,

Ele me olhará com carinho,

Buscando por uma explicação inalcançável.

Mas no fim, nenhum de nós ficará sozinho.

-x-

N/A: Olha, eu sei escrever algo romântico. Haha, quem será o amor da minha vida?