Livros e Autores_ Maya Amamiya

Em cada livro encontro um mundo.

Uma personagem, um lugar, uma frase, um texto.

Memorável e apaixonado.

Em cada autor encontro uma admiração.

Uma referência, uma inspiração.

Não sou Dorian Gray, mas sou vaidosa com meus livros.

Sir Arthur me ensinou a ser investigativa,

E me fez ter um parceiro para me ajudar.

Bram me apresentou o vampiro mais famoso do mundo,

Que reside em um país chamado Transilvânia.

Eu tenho um lado dualístico, como Robert mostrou,

Para um advogado que procurava um médico chamado Jekyll.

Minha evolução parece com zoomorfismo. E não moro em um cortiço.

Entretanto, as pessoas então desconhecidas, se transformam.

Se o mundo fosse criado por Audous,

Talvez não houvesse tanto sofrimento.

Tinha horas que me lamentava por perder meu amado.

O corvo pousado na estatua me encarava.

"Nunca mais!"

Possuo amigos aventureiros por livros,

Nessas horas dizia que ele era Huck Finn.

Caminhei na Rua dos Cataventos e

Procurei um tal de Mario.

Dera o macete para uma poesia.

Cheguei a Santa Fé como Erico previu.

E não citei a frase marcante.

Talvez o capitão Rodrigo não gostasse. Ou gostasse?

Capitu é minha amiga. Bentinho é ciumento.

Machado pode tão ser sido gentil de inicio pra eles,

Mas imortalizou um livro póstumo sobre Brás Cubas.

A viagem de vinte mil léguas submarinas,

Uma eternidade pra quem vive no Náutilus.

Foram oitenta dias de viagem até ganhar uma aposta.

E quanto a mim,

Resta apenas esse amador poema.

Para meus livros autores.

Inara Araujo_ Maya Amamiya