Eu estou apaixonada por ele.

É algo que reverbera no meu ser, desde os meus neurônios até a ponta dos meus dedos dos pés. O sentimento é tão doce que eu gostaria de não me arrepender de senti-lo, mas é impossível.

Na minha imaginação, estamos bem juntos. Somos quase que o casal perfeito quando ambos estamos alegres. Conseguimos passar horas rindo de bobagens e falando sobre coisas que sabemos que nunca vão acontecer - Eu me prostituindo, nós roubando pessoas, nós fugindo e morando juntos bem longe de tudo e de todos. Estamos presos nesse sonho adolescente, mesmo que já tenha passado da hora disso.

As mãos dele são bonitas. Definitivamente as minhas mãos favoritas em todo o mundo. Mãos que nunca me tocaram. É tão fácil se apaixonar pelo interior de alguém. É tão mais fácil através de uma tela... E ainda assim às vezes eu gostaria que pudéssemos nos tocar. Não desejo isso com frequência, mas às vezes desejo. Sei que ele não gosta disso. Talvez ele esteja mentindo. Eu não sei.

Hey, você sabe que não nascemos um para o outro, não sabe? Sei que nem eu nem você acreditamos nessas bobagens, mas se elas existissem, definitivamente não seríamos o par perfeito. Longe disso. Somos opostos em praticamente tudo, mas é pra você que eu posso contar todos os meus segredos sem me preocupar, que posso falar de qualquer assunto. Você vai me chamar de estúpida e burra, mas eu sei que posso falar.

Seu lado grosseiro sempre vai me machucar um pouco, por mais que eu tenha me habituado à ele. Em dias ruins, algumas frases suas me fazem chorar. Eu não digo nada, porque não quero parecer uma idiota. Na única vez que eu comentei, lembro de você agir docemente comigo e dizer que eu seria sua melhor amiga independente do que acontecesse e para sempre.

Falar de "para sempre" quando você quer se suicidar todos os dias soa como uma verdade pra mim. Eu não sei quantos anos você vai viver, mas se forem poucos, quer dizer que você vai morrer comigo sendo sua melhor amiga, o que me gratifica. Se forem muitos, eu espero estar ao seu lado até o fim.

Eu sei que você nunca quis que eu me apaixonasse. Eu sei que você recusou meus pedidos de namoro diversas vezes há alguns meses atrás, e que eu passei a ser um incômodo por estar completamente apaixonada por você. Eu sei que minhas estúpidas crises de ciúme, lágrimas e cortes te incomodaram. Eu sei que era horrível falar comigo depois de eu ter tomado os remédios e que eu te xingava e que dizia que eu detestava todos as suas partes ruins. Eu sei que eu fui contra tudo que eu disse antes simplesmente por estar com raiva por você não me amar. Eu me sinto tão mal por isso. Não sei se você ficou mal por tudo que eu disse, mas de qualquer forma, quem perdeu tudo fui eu. Você ainda me amava, eu acho, e então, depois de tudo que eu fiz, isso acabou. Completamente minha culpa.

Eu só escuto às músicas que você me passou o dia inteiro, e às vezes eu imagino o que eu faria se você de fato se suicidasse. Há dias que eu penso que morreria também, outros que eu choraria muito e outros que tatuaria todo o meu corpo com lembranças suas.

Você diz que eu fingi. Fingi amar você. Eu entendo por que você diz isso. Eu me irritei com você quando eu deveria ter tido paciência, e não te compreendi quando deveria ter te compreendido. Eu fui dura, estúpida, burra e egoísta. Eu simplesmente queria que você gostasse de mim, e fiz isso da maneira mais babaca possível.

Nem faz sentido me arrepender de tudo isso agora. Ou de pensar nisso agora. Eu nem sei se deveria tentar parar de deixar de você ou se deveria continuar gostando. Às vezes eu penso que você é um babaca e acho que não estou gostando de você. Então ela me puxa pela mão e me leva pro banheiro e nos beijamos. E no meio do beijo, eu penso em você. Mesmo quando as mãos dela passam pelo meu quadril, eu penso em você.

"You were amazing"

Você nunca tinha me dito nada assim antes. Bem, nos comunicamos por xingamentos, então é claro que você nunca diria. Mas você diz que sou menos inteligente que você o tempo inteiro (e eu realmente sou uma idiota)... Então isso me deixou feliz. E triste, porque eu não sou mais incrível. Porque a garota que você foi apaixonado por só existiu durante os quatro dias em que eu fugi de casa.

Eu sei que você amou a garota que cortou os cabelos na impulsividade, chorando na frente do espelho. A que correu escada abaixo com nada mais do que uma chave, uma muda de roupa, um celular e o carregador deste. Você amou a garota com marcas roxas no corpo que acelerou o passo debaixo do sol quente, a que foi contra o que todos queriam e que seguiu por horas completamente sozinha à procura de um lugar em que pudesse ser ela.

Eu consigo entender. Eu me amei naquele momento também. Acho que você ainda lembra de eu descrever a minha cena no banho, depois de toda aquela confusão. Meus cabelos desalinhados, meu corpo nu e machucado na frente do espelho, minha aparência frágil, olhos inchados e expressão indecifrável - eu nunca estivera tão linda.

Você detesta quem eu sou agora, apesar de sermos melhores amigos. Eu sei disso. Talvez você ainda goste de mim além da amizade, mas até parece que você deixaria isso ir além. Às vezes eu acho que eu tenho alguma chance, mas é bobagem. E eu nem sei se quero ter uma chance. Nós não temos futuro. Definitivamente não tem nada nos esperando em lugar algum. Somos eu e você agora, talvez amanhã, e talvez mês que vem. A vida vai nos dragar e esses sentimentos vão ficar pra trás.

Será que você pensa assim? Eu acho que não. E se eu ainda fosse aquela eu, eu iria atrás de você impulsivamente. Eu faria o que eu queria, e não ligaria pra quaisquer que fossem as consequências. Mas agora eu sou só a eu de agora, fazendo o que querem que eu faça, sem reagir. A única fez que eu reagi foi por influência sua, e apenas dessa vez você me amou.

Às vezes você é tudo pra mim, e depois apenas uma péssima influência. Às vezes eu quero ficar pra sempre com você, e em seguida eu te odeio. É algo tão estranho. Sei que diversas relações são destrutivas assim, mas eu nunca vivi nada como nós vivemos.

Eu amo você, eu amo você, eu amo você. Esse sentimento nunca vai me levar a lugar nenhum e ele nunca vai ser correspondido, mas eu amo você e eu quero amar você. Eu quero continuar tendo sonhos com você, e quero continuar falando com você todos os dias. Eu quero ser a sua melhor amiga todos os dias.

Eu falho onde deveria ser melhor, e eu sei. Eu sou horrível pra compreender a sua dor, ajudar ou sequer escutar sobre suas dificuldades. Às vezes eu nem consigo responder a nada, e você vai embora sem dizer adeus. Nessas horas, eu sei que você sabe que eu não fui feita pra você e que eu nunca vou poder de completar. Eu sei que eu não consigo. Eu sei que mesmo que eu mude muito, muito e muito, eu nunca vou ser o suficiente pra você - e se eu mudasse como você provavelmente gostaria, eu não seria o suficiente para mim. Nós nunca vamos nos encontrar, nunca vamos ficar juntos, nunca vamos ser como uma parte de mim gostaria que fôssemos.

Mas é desnecessário. Por mais que meu coração grite que é necessário que você me ame e que tudo aconteça desse jeitinho romântico, eu sei que não é como funciona no nosso mundo, no seu mundo. Por mais que eu só aceite isso às vezes, está tudo bem. Está tudo bem se só eu amar você, está tudo bem se...

Eu não sei mais. Minha inconstância e sua mudança frequente de humor prejudicam qualquer tipo de decisão sobre isso que eu possa tomar, então vou continuar como sempre: Sem tomar nenhuma. Às vezes soo mais romântica do que gostaria por causa do meu lado que quer que você me ame de volta, e depois sou indiferente demais quando eu acho que deveria mostrar que me importo mais.

Mas quem liga, não é? Somos melhores amigos. OS melhores amigos. MELHORES, MELHORES, MELHORES. BFF's. Podemos fazer o que quiser. Eu posso dizer o que quiser. Você pode dizer o que quiser. Vamos nos resolver, vamos sempre nos resolver, vamos sempre nos encontrar. Por mais que não tenhamos sidos "destinados" pra ficar juntos como um casal, eu espero estar sempre por perto para ser sua melhor amiga.

I fucking hate you and I'll never, EVER, show you this,

Maah.